sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Natal ao contrário

Fizemos umas quadras a partir do texto poético "Ao menino Jesus" da poetisa Luísa Ducla Soares que é assim:
Hoje é dia de Natal
Mas o Menino Jesus
Nem sequer tem uma cama,
Dorme na palha onde o pus.

Recebi cinco brinquedos
Mais um casaco comprido.
Pobre Menino Jesus,
Faz anos e está despido.

Comi bacalhau e bolos,
Peru, pinhões e pudim.
Só ele não comeu nada
Do que me deram a mim.

Os reis de longe lhe trazem
Tesouro, incenso e mirra.
Se me dessem tais presentes,
Eu cá fazia uma birra.

Às escondidas de todos
Vou pegar-lhe pela mão
E sentá-lo no meu colo
Para ver televisão.


Lembrámo-nos de escrever também uma poesia com o título "Natal ao contrário".
Aqui ficam alguns exemplos:

Natal ao contrário

Neste natal especial 
Vai ser tudo ao contrário
Vou montar o presépio
Dentro do aquário.

Este natal 
Será no verão.
O Pai Natal
Vai apanhar um escaldão.
      
Este Natal
Em Portugal
Vai ser festejado
No Carnaval
    
Neste Natal
Em vez de brinquedos
Vou receber
Muitos segredos.

O pai natal
Não entra na chaminé
Porque bebeu  
Muito café.


Francisco e Pedro – 3.º C

Sem comentários:

Publicar um comentário