terça-feira, 7 de junho de 2011

Encontro com o escritor José Viale Moutinho

JOSÉ VIALE MOUTINHO

Jornalista português, natural do Funchal.
Foi jornalista do Diário de Notícias e secretário-geral da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto, tendo sido posteriormente nomeado seu presidente.
Como investigador literário tem dedicado muito do seu trabalho à investigação de algumas das maiores figuras da nossa literatura. Recolheu e publicou inéditos e textos dispersos de Camilo Castelo Branco, Trindade Coelho ou António Nobre, entre outros, além de ter também publicado diversos estudos etnográficos.
Como poeta, estreou-se com a colectânea de poemas Urgência (1966), mas só com as suas narrativas de cariz abertamente ideológico e fortemente influenciadas a nível temático pelo romance neo-realista é que se viria a notabilizar no panorama da literatura portuguesa contemporânea. A acção das suas narrativas situa-se nos períodos antes e depois do 25 de Abril, com a referência explícita a acontecimentos históricos dessa época. Da sua obra ficcional destacam-se os livros de narrativas Apenas uma Estátua Equestre na Praça da Liberdade (1978) e Entre Povo e Principaes (1981), e o livro de contos Pavana para Isabella de França (1992). Reuniu a sua produção poética publicada entre 1975 e 1985 num volume intitulado As Portas Entreabertas (1990)
O encontro com este escritor foi deveras interessante, quer pela qualidade das obras que produziu e que são frequentemente requisitadas pelos nossos alunos, quer pela simpatia que demonstrou durante o tempo que passou connosco.













 

Sem comentários:

Publicar um comentário